Introdução

A água é um dos tópicos mais importantes do século XXI em todo o mundo, inclusive na América Latina. As palavras-chave mais importantes são:

  • escassez de água e qualidade da água
  • disponibilidade e acesso à água potável.

Enquanto a escassez de água constitui um problema específico em nível regional, a qualidade da água é um problema geral na América Latina. A falta de estações de tratamento de água é uma das razões; 86% das águas residuais não tratadas fluem para os rios. Não existe apenas a necessidade de mais usinas de tratamento, mas também de engenheiros e profissionais qualificados para as atividades de operação e manutenção.

Outro problema é a conscientização ambiental. Em diferentes setores da sociedade (agricultura e indústria), a consciência ambiental é incipiente.

Finalmente, a disponibilidade e o acesso à água potável são grandes problemas na América Latina. A disponibilidade e o acesso à água potável nos países parceiros variam entre 50%, em áreas rurais, e 90%, nos centros urbanos.

A política da água é dinâmica e exige certa quantidade de pessoas qualificadas em todos os níveis da administração, ciência e tecnologia, capazes de desenvolver soluções locais para problemas específicos dos países. Atualmente, muitas universidades não respondem adequadamente a essas demandas. Os estudantes de pós-graduação (mestrado) em gestão de recursos hídricos e ambiente não estão suficientemente preparados para atender as crescentes demandas nestas áreas, porque, muitas vezes, os currículos dos cursos e os tópicos de pesquisa possuem muito conteúdo teórico e não consideram as abordagens holísticas e o trabalho interdisciplinar.

image0081.jpg